Público Alvo
Professores da Educação Infantil, gestores e membros de equipes pedagógicas, médicos pediatras, fisioterapeutas, musicoterapeutas, terapeutas ocupacionais, advogados, enfermeiros, psicólogos, psicopedagogos, assistentes sociais e todos aqueles que possuindo curso superior desejem assumir-se como agentes de mudança num quadro do desenvolvimento de ações educativas que contribuam para a cultura da paz.

Concepção do Programa


O curso fundamenta-se nos seguintes pressupostos:

  • Principais enfoques filosóficos do pensamento humano com foco na essência humana; estudar o conjunto das dimensões por onde o humano se revela; refletir sobre a necessidade de religação com a noção do sagrado, da ética e da reverencia à vida através dos valores das tradições que deram origem à cultura brasileira; aprofundar estudos sobre a necessidade da educação que estimule o desenvolvimento da essência do ser tomando como referência os valores humanos fundamentais para a formação do caráter – Amor, Paz, Verdade, Ação correta e Não violência – com abordagem transdisciplinar, procurando desempenhar um papel inovador na elaboração de ações educativas que contribuam para a cultura de paz.


  • Visões materialistas e espiritualistas do conceito de educação, através da gênese da palavra educação vinculada aos conceitos de educare e educere; apresenta uma abordagem da Educação em Valores Humanos sob a ótica da Teoria do Conhecimento, relacionando as diferentes etapas e níveis que compõem o processo de construção do conhecimento, desde a visão de mundo até a construção dos dados para interpretação da realidade. Promover uma reflexão sobre a importância da tomada de consciência e da integração destas diferentes etapas e níveis, para uma ação pedagógica coerente e integrada.


  • Os diferentes enfoques teóricos das diversas correntes pedagógicas e as relações que estabelecem com a essência e a existência do ser humano em todas as suas dimensões, do orgânico ao espiritual, e o modo como influenciam na formação do caráter do ser humano e na sua relação com o meio.


  • Abordagens inovadoras da gestão sistêmica sustentada pelos valores humanos universais e apresentar o ser humano como resultado do modelo de gestão em que foi educado. Proporcionar o estudo da construção de um modelo inovador de gestão educacional com base nos Valores Humanos, a partir da análise de modelos nacionais e internacionais e novas tecnologias em educação.


  • A necessidade da formação de um novo profissional que possa atuar na educação voltada para os Valores Humanos, como docente-pesquisador; formador de formadores, gestor educacional de programas e projetos; e formulador e executor de políticas públicas;


  • A integração entre trabalho, ciência, tecnologia, humanismo e cultura geral, a qual contribui para o enriquecimento científico, cultural, político e profissional dos sujeitos que atuam nessa esfera educativa, sustentando-se nos princípios da interdisciplinaridade, contextualização e flexibilidade como exigência historicamente construída pela sociedade;


  • Espaço de formação continuada para que os pós-graduandos possam compreender e aprender uns com os outros, em fértil atividade cognitiva, afetiva, emocional, contribuindo para a problematização e produção do ato educativo.


  • A natureza do curso exige metodologias participativas, laboratoriais, oficinas, campos de imersão, que permitam vivenciar e atuar de modo teórico-prático, fazendo interagir as concepções da experiência pedagógica de cada professor.

    Coordenação do programa
    O curso terá a coordenação do Profº. Dr. Jairo de Araújo Lopes, doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas, Brasil, 2000. Atuação em Formação de Professores. Professor titular da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Brasil. : e a coordenação da Profª. Raquel Pereira Alves, graduada em Artes, com pós em Educação em Valores Humanos. Atuação em Formação Continuada de Professores. Coordenadora Pedagógica dos cursos de Valores Humanos da Fundação Douglas Andreani e da Fundação Peirópolis.


    Carga Horária
    A carga horária total em sala de aula será de 360 horas em atividades teóricas e práticas, individuais ou em grupos. A essa carga-horária será acrescida mais 100h para as orientações do Trabalho de Conclusão de Curso. O trabalho de conclusão de curso (TCC) será desenvolvido ao longo do período, tendo até seis meses após a integralização das disciplinas para a sua conclusão. Este será orientado pelo grupo de professores envolvidos no projeto.

    Clique aqui para acessar a tabela com a carga horária.


    Período e Periodicidade
    O Instituto Superior de Formação Continuada Douglas Andreani - ISDA oferecerá 40 vagas, concentradas em uma turma, com previsão de início em agosto de 2009. As aulas serão aos sábados, com possibilidade de utilização de outros períodos quando se tratar das realizações de períodos de imersão. As turmas funcionarão das 8:00 às 17:00.


    Corpo Docente do Curso
    O corpo docente do Curso é constituído por três doutores e 12 mestres, num total de 15 professores. O Índice de Qualificação do Corpo Docente (IQCD) é de 3,4 . Trata-se de um grupo de pessoas, contratadas como horistas, que reúne qualificação científica, visão estratégica, contacto com a realidade educacional e significativa valia pedagógica.

    Clique aqui para acessar a tabela do corpo docente do curso.


    Critério de Seleção
    A seleção será realizada mediante análise curricular complementada com entrevista pessoal.


    Sistemas de Avaliação
    A avaliação dos professores estudantes será realizada como parte integrante do processo educativo, resgatando as suas dimensões: diagnóstica, formativa e processual.
    Acontecerá ao longo do curso de modo a permitir reflexão-ação-reflexão da aprendizagem e a (re)construção do conhecimento.
    A avaliação será realizada por módulo/eixo, sendo considerado aprovado o estudante que obtiver em cada uma delas média igual ou superior a 60 (sessenta), para além de freqüência nunca inferior a 80 (oitenta) por cento da carga horária de cada módulo.


    Controle de Freqüência
    Freqüência mínima exigida: 80% da carga horária prevista para cada um dos módulos integrante do curso, controlada a partir de chamada nominal durante as aulas.


    Trabalho de Conclusão
    O TCC compreende um projeto de pesquisa-intervenção desenvolvido ao longo do curso, de construção individual. Com foco num determinado problema e objeto de análise, visa à elaboração, execução e produção individual dos seguintes tipos: monografia, artigo científico, produção de um suporte de aprendizagem (software, materiais pedagógicos, vídeo/DVD/CD). O TCC expressará os processos de aprendizagem, o comprometimento pessoal e o envolvimento docente no projeto de pesquisa-intervenção.

    O TCC será apresentado a uma banca examinadora composta por três membros, sendo um professor integrante do grupo de professores orientadores e professores convidados, que podem ser do próprio programa ou externo a ele. Será considerado aprovado no TCC o aluno que obtiver, após a apresentação à banca examinadora, a nota mínima de 60 (sessenta) pontos. Caso o aluno não obtenha a nota mínima de aprovação, o professor orientador, conjuntamente com o aluno, discutirá novas estratégias, para a condução da melhoria do trabalho, ficando reservados entre 15 a 20 dias úteis para a entrega do trabalho com as devidas correções.


    Certificação
    O certificado será expedido pelo Instituto Superior de Formação Continuada Douglas Andreani nos termos estabelecidos na Resolução CNE/CES n0 01/2001, de 03 de abril de 2001, Resolução nº. 1/2007, de 8 de junho de 2007, bem como demais legislação complementar.


    Local do curso
    As aulas do curso acontecerão numa sala da Vila Carro de Boi, à Rua Araçandiva, 351, Jardim Mirian ao lado do Alphaville.